ONDE  MORREM OS BEIJA-FLORES
Ilustração para a crônica “Onde morrem os beija-flores”, de Antonio Cestaro. O briefing pedia que a imagem representasse a energia caótica de uma cena verborrágica, imersa em caos absoluto. Ainda assim, existia o desafio de imprimir um caráter poético no desenho (o pulo do gato da crônica). O trabalho foi publicado na edição de Maio do Jornal Rascunho.

Illustration for the chronicle “Where the hummingbirds die”, by Antonio Cestaro. The image was supposed to represent a loud and chaotic scene. Even so, there was the challenge of imprinting a poetic character on the drawing. The work was published in the May edition of Rascunho Newspaper.

2022

 

Ilustração / Illustration:
PEDRO LEOBONS

ilustra_cronica_58x43cm.png
ondem_morrem_processo.gif